quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Apostas para o futuro: Lincoln MKZ e Mercury Milan 2010. Os modelos baseados no Ford Fusion, são distintos mas bem parecidos...

As divisões Lincoln e Mercury, da Ford Motor Corporation, também apresentam no Los Angeles Auto Show as suas versões de sedans médios baseados no Ford Fusion 2010.








A luxuosa Lincoln, revelou fotos e detalhes do modelo 2010 do sedan MKZ, antes chamado de Zephyr, mas que depois recebeu as letras como designações em todos os modelos da marca em 2006.

O modelo, como no Ford Fusion 2010, também terá uma versão Sport, que contará com uma suspensão ajustada automaticamente, incluindo feixe de molas mais rígido e barras estabilizadoras maiores que a versão regular. A versão esportiva do MKZ 2010 ainda conta com máscaras nos faróis e rodas de 18”.

O modelo ainda conta com um sensor de estacionamento através de luzes no retrovisor que avisam a distância dos obstáculos tanto na dianteira quanto na traseira, o canto também conta com o sistema de entretenimento Ford Sync. O interior, a depender do pacote, possui detalhes em alumínio e/ou madeira.

O motor é um 3.5 litros V6 Duratec de 263cv. A transmissão automática é feita pelo cambio Selectshift de seis velocidades, com FWD ou AWD opcional.

O MKZ 2010 será fabricado em Hermosillo uma das plantas mexicanas da Ford, e deve ser lançado até o segundo semestre de 2009.



Lincoln MKZ 2010: sedan da marca de luxo do grupo Ford, baseado no Ford Fusion, porém com muito mais requinte que o modelo Ford.










Outro sedan baseado no Fusion é o Mercury Milan. O modelo teve mudanças estéticas, como os novos faróis e grade dianteira. A frente ficou com aspecto bicudo, e aparentemente mais larga. Na traseira a tampa do porta-malas recebeu um friso cromado e o modelo também recebeu novos pára-choques tanto dianteiros quanto traseiros.

No interior muito luxo, apesar de que a Mercury é uma marca intermediária entre os modelos da própria Ford e os Lincolns. Bancos com tecidos de cor alumínio, e detalhes de madeira dão conta da parte mais requintada do veículo.

Os motores do Milan 2010 começam com um quatro cilindros de 2.5 litros e potência de 175cv,
e um 3.0 V6 de 240cv. A versão híbrida também conta com um motor quatro cilindros de 2.5 litros a gasolina, que conta com uma transmissão eletrônico-variável contínua, a mesma utilizada na versão híbrida do modelo Ford.

O Milan 2010 ainda conta com sistema de informações de Nível de Emissões de CO2 e de economia de combustível, os SmartGuage e Eco guide, que passam essas informações através de dois visores de LCD, posicionados em cada lado do velocímetro.

O sistema de economia do motor do Milan 2010 é similar ao do Fusion 2010, que utiliza o motor elétrico em velocidades de até 75 km/h. Além dessa marca, entra em ação o motor a gasolina.
Com os três modelos, a Ford tem a mesma oferta mas para públicos diferentes, além dos diferenciais de acabamento e características próprias de cada uma de suas divisões. Uma boa maneira de garantir as vendas de um mesmo modelo, em uma mesma categoria. Mas, em níveis bem diferentes.
Mercury Milan: a versão 2010 do modelo da marca intermediária da Ford, compartilhará além da carroceria, o motor híbrido do Ford fusion...
... no interiro da versão com motor híbrido, telas de LCD dos dosi lados do velocímetro, indicam as emissões de co2 e economia do combustível.

Nenhum comentário: