sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Audi A8 W12: tão potente e luxuoso que assusta!






A linha A8 é a mais sofisticada da Audi. Desde o seu lançamento em Genebra de 1994, o Audi sempre chamou a atenção em todo o mundo. A estrutura da carroceria usada pelo modelo na época de seu lançamento era a Space–Frame, feita totalmente em alumínio. O carro veio no mesmo ano para o Salão do Automóvel de São Paulo, e era chamado de o “Audi de Alumínio”. Uma novidade para a época. A versão mais potente da época era a 4.2 Quattro V8. Que também contava com o inédito câmbio Tiptronic, que variava o modo de dirigir também para uma direção mais esportiva. Depois disso surgiram as versões S8, R8, até surgir a W12 em 2003. O motor do carro é compartilhado com o Phaéton, limousine da Volkswagen, grupo que controla a constelação de marcas como Bentley, Lamborghini, Bugatti, Skoda, Seat e a Audi. E que rivaliza com os Rolls-Royce Phantom e Maybach 62. O motor do A8 era mais potente que o do Phaéton. Era um 6.0 Quattro W12, que desenvolvia 450cv, tinha 30 vc a mais que o do Vw. O carro fazia de 0 a 100km, em apenas 5,2 segundos, marca muito boa para um sedan desse porte. A velocidade máxima era de 250 km/h controlada eletronicamente, e o modelo gastava 30 segundos para alcançá-la. O Audi A8 2008, também trouxe essa opção de motor, além de muitos outros itens para incrementar a linha. Começando pela carroceria, que desde 2002 tem as opções de chassi curto ou a versão L, de longa, com entre-eixos maiores. O cambio Servotronic foi revisado, e responde mais rápido às trocas. O isolamento acústico do carro que já era bom, ficou ainda melhor, não se ouve nenhum ruído externo, mas tanto conforto pode também ser um perigo, caso o carro seja guiado por pessoas despreparadas. É que como dentro da cabine tudo parece calmo, lá fora o carro pode estar em altas velocidades, que só será percebida caso o motorista olhe o velocímetro. O controle de estabilidade e a absorção de impactos também chegaram a um nível superior. O carro praticamente desliza sobre qualquer piso, sem que as vibrações das irregularidades sejam percebidas no interior. Tudo isso graças aos novos ajustes dos sistemas de rolamento e suspensão. Por ora, o luxuoso e potente sedan será visto no filme de ação “Carga Explosiva 3”. No segundo capítulo da trilogia, em 2005, o “motorista” Frank Martin, vivido pelo ator inglês Jason Statham guiou um S8. No novo capítulo, que terá estréia nos cinemas brasileiros em 12 de Dezembro, guiará o W12. É o requinte do topo de linha da marca alemã que além de luxuoso, também pode entrar nas pistas de corrida sem perder a classe.
























Audi A8 W12: a limousine da Audi, tem variante de chassi curto ou longo...







... O perfeito isolamento acustico e os itens de luxo no interior do carro, apesar de confortáveis, podem ser perigosos...









... O W12 estará no terceiro episódio do filme "Carga Explosiva", inclusive no poster (acima), assim como o S8 que esteve no segundo longa da série...








...W12 em ação com o ator Jason Statham, protagonista do filme.







Nenhum comentário: