sábado, 10 de setembro de 2011

A casa italiana da McLaren: fabricante inglesa abre show room em Milão...



A McLaren quer se estabelecer como um grande fabricante de automóveis esportivos nas próximas décadas. Se em outras épocas a equipe inglesa apenas fazia participações em modelos de outros fabricantes, agora ela quer ampliar seus pontos de vendas, bem como a sua gama de produtos.

Se com o F1 GTR nos anos 1990, as revendas foram limitadíssimas, o mesmo não irá acontecer com o MP4-12 C, o novo esportivo da Mclaren, que contará com uma rede de revendas da própria marca espalhada em vários pontos do planeta.

Ontem mais um show room da McLaren foi inaugurado. Depois de Londres, agora é a vez de Milão na Itália receber a loja da marca, que fica situada no endereço Corse Sepione 34/2, 20154 na famosa cidade dos negócios da Itália.

O espaço tem decoração padrão que a marca criou para seus revendedores, que inclui muita tecnologia no serviço, esculturas de arte e um luxuoso ambiente para a recepção dos clientes. A inauguração contou com a participação do diretor da McLaren Automotive, Antony Sheriff,  o CEO da marca, Martin Whitmarsh e a presença de Jenson Button como convidado especial.

A McLaren pretende chegar a 35 pontos de revendas  em todo o mundo. Atualmente o único modelo disponível em sua linha é o MP4-12C, que conta com um motor V8 3.8 litros Twin Turbo capaz de desenvolver 600 cavalos de potência, mas que no futuro haverão outros modelos, dentre eles um substituto à altura do F1 GTR, que passou muito tempo com o título de mais rápido produzido em série.  

Mclaren Milan Show room: marca inglesa abre revendedor em Milão, na Itália, um dos 35 pontos de venda do MP4-12C, a nova prata da casa....






... o esportivo possui um motor V8 Twin Turbo capaz de desenvolver 600 cavalos de potência.  





2 comentários:

Joel Marcos Cesetti disse...

Parabéns pelo visual do blog, ficou muito bonito.
Minha opinião, a McLaren agora esta bem mais Ferrari.

abraços

Alysson Prado "Balo" disse...

Obrigado Joel pelos elogios. De fato, vamos ver se daqui pra frente a McLaren entre de vez no panteão dos grandes fabricantes de superesportivos.

abs.

ALYSSON PRADO "BALO"